MENU

Norte de Minas Gerais terá R$ 93 milhões para enfrentamento da pobreza no campo

gCom investimentos estimados de R$ 93 milhões, o Governo de Minas Gerais está implementando ações para o enfrentamento da pobreza no meio rural do território Norte. Na região, cerca de 193 mil famílias rurais vivem em situação de extrema pobreza, segundo o Cadastro de Programas Sociais (CadÚnico). O valor previsto para ser investido neste ano é 46,5% maior do que em 2016.

Os números foram revelados no dia 25/5, em Montes Claros, durante a apresentação territorial do projeto Sementes Presentes – Alimento e Trabalho no Campo, um dos três eixos da Estratégia de Enfrentamento da Pobreza no Campo - Novos Encontros, coordenado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese).

Leia mais...

Cientistas usam bactérias para ajudar plantas a resistir à seca

BACTERIASUm grupo de bactérias possui grande potencial para auxiliar plantas a sofrer menos os efeitos da escassez de água. Por meio de um trabalho inédito para agricultura tropical, pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente (SP) descobriram que esses microrganismos conseguem reduzir os efeitos do estresse hídrico em soja, milho e trigo, além de propiciar maior crescimento dessas espécies vegetais.

A expectativa dos cientistas é viabilizar, no futuro próximo, o uso dessas bactérias para tratamento de sementes de diversas espécies agrícolas, principalmente em regiões com baixa precipitação pluviométrica como o Semiárido e para culturas muito sensíveis à seca. A ideia é fornecer células da bactéria para tratamento de sementes.

Leia mais...

Unimontes comemora 55 anos de existência com avanços e reconhecimento aos seus colaboradores

unimontesA Universidade Estadual de Montes Claros vive um momento histórico. A instituição completa nesta quarta-feira (24/5) 55 anos de ensino superior no Norte de Minas – atualmente com abrangência em quase 40% do território mineiro. O aniversário da Unimontes é comemorado com uma série de atividades e homenagens aos benfeitores da educação, iniciadas no domingo (21/5) e que prossegue até esta sexta-feira (26/5). A data também é celebrada com o registro de conquistas e de avanços em cinco décadas e meia de atividades.

Está marcada para esta quarta-feira, às 8 horas, a solenidade oficial de comemoração, com o "Momento Viva a Vida & Saúde", que será coordenado pelo vice-reitor Antonio Alvimar Souza, no auditório Mário Ribeiro da Silveira, prédio 6 (campus-sede). Em seguida, haverá apresentação da Banda de Música do 10º Batalhão da Polícia Militar, com o corte de bolo comemorativo.

Leia mais...

Construção de bacias de captação de água de chuva ameniza efeitos da seca

barragemOs longos períodos de estiagem prejudicam as pastagens e, consequentemente, o desenvolvimento e produção do rebanho bovino. Esse é um problema comum em muitos municípios no Norte de Minas Gerais. Para amenizar os efeitos da seca, o município de Capitão Enéas optou em construir bacias de captação de água de chuva. Além de contribuir para o abastecimento do lençol freático, as bacias ajudam a evitar o assoreamento dos cursos d'água.

De acordo com a Emater-MG, nos últimos quatro anos, a estiagem contribuiu para a redução em 60% do rebanho leiteiro do município. Outros problemas apontados pela Emater-MG, são as erosões e o assoreamento dos cursos d'água.

Leia mais...

Governo realiza orientação a produtores para habilitação sanitária de agroindústrias

BAs políticas públicas do Governo de Minas Gerais para fortalecer a agricultura familiar no estado, por meio das Secretarias de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), têm contribuído para expandir cada vez mais as potencialidades do mercado. Prova disso são os resultados promissores nesse segmento, impulsionado com a geração de emprego e renda.

Neste contexto, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) - Unidade Regional de Teófilo Otoni vem realizando um trabalho de orientação junto aos produtores de pães, quitandas, café e uma ampla variedade de alimentos mineiros típicos, justamente para que os agricultores familiares atendam aos requisitos e consigam a habilitação sanitária exigida pelos órgãos regulamentados para produção e comercialização.

Leia mais...

Descobertas novas reservas de lítio no Vale do Jequitinhonha com potencial de exploração

litioUm estudo do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), divulgado nesta quinta-feira (30), identificou novas reservas de lítio do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, com alto potencial de exploração econômica. A pesquisa mapeou todas as reservas do metal no país: foram localizados 45 depósitos de lítio, a maior parte em território mineiro.

Os pesquisadores também analisaram locais já conhecidos e mineralizados e verificaram que há potencial para ampliar a atividade econômica também nessas regiões. O estudo teve início em 2012 e mapeou uma área total de 17.750 km², que corresponde a 100% das reservas de lítio brasileiras.

Leia mais...

Investimento de R$ 1,1 bi executado pela Codevasf beneficia 2 milhões de pessoas no semiárido

semiaridoQuase dois milhões de pessoas com dificuldade de acesso à água em áreas rurais do semiárido têm, agora, mais qualidade de vida graças a ações que a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf) tem executado na região onde atua para promover a universalização do acesso - tanto para consumo humano, como para produção agrícola e alimentar. O investimento totaliza mais de R$ 1,1 bilhão em recursos do Governo Federal.

De acordo com o último relatório técnico apresentado pela Companhia, já foram instaladas cerca de 185 mil cisternas com capacidade para armazenar até 16 mil litros de água e abastecer uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses. Cerca de 740 mil pessoas foram atendidas por essa ação. Ao todo, esses reservatórios têm potencial para acumular um volume da ordem de 2,9 milhões de m³ de água por ano, provendo água para consumo, preparo de alimentos e pequenas atividades domésticas.

Leia mais...

Governo do estado lança terceira etapa do programa de revitalização do rio São Francisco

rioO governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, lançou no dia 22/03, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, a terceira etapa do programa de revitalização das sub-bacias do rio São Francisco, que será executada em 70 municípios mineiros, com R$ 13,5 milhões em investimentos.

Nesta terceira etapa, estão previstas a proteção de 479 nascentes e de 217 km² de áreas de matas ciliares e de topo de morro; a construção de 22.362 bacias de captação de água da chuva (conhecidas como barraginhas) e de 1.268 km de terraços em curva de nível, além da adequação ambiental de 137 km de estradas vicinais.

Leia mais...

Codevasf estrutura mais de 14 mil famílias do semiárido mineiro somente este ano

codevasfEm ação da Codevasf,mais de 14 mil famílias de trabalhadores rurais de 18 municípios do semiárido de Minas Gerais, região do Alto São Francisco, foram estruturadas nos dois primeiros meses deste ano para melhor poderem conviver com os efeitos da seca prolongada. Essas famílias passaram a ter acesso a kits de equipamentos agrícolas compostos por tratores, carretas, grades aradoras, roçadeiras, distribuidores de calcário, ensiladeiras, plantadeiras, colheitadeiras, e caminhões caçamba, compactador de lixo e com carroceria de madeira.

O investimento foi de R$ 2,5 milhões com recursos do Orçamento Geral da União destinados à Codevasf por emendas parlamentares. A ação visa ao fortalecimento da agricultura familiar no semiárido, permitindo ao produtor rural acesso à infraestrutura adequada para seu desenvolvimento social e econômico – e, com isso, evitar o grande êxodo rural existente nessa região mineira.

Leia mais...

Emater-MG desenvolve ações para convivência com a seca no Norte de Minas

ematerA Emater-MG está desenvolvendo uma série de ações para ajudar os produtores rurais a conviver com a seca que castiga o Norte de Minas nos últimos anos. Em 2016, por exemplo, foi implantado em Montes Claros o Programa Municipal de Incentivo a Revitalização de Pastagens Degradadas. O objetivo é recuperar a capacidade produtiva das propriedades rurais e viabilizar a bovinocultura no município. Foram realizados seminários em oito distritos, apresentando o diagnóstico da situação do setor produtivo e, elaborado um planejamento de ações que seriam desenvolvidas.

Segundo o coordenador técnico da Emater-MG, Luiz Aroldo Almeida, “está previsto para 2017 a realização de dias de campo para a apresentação dos resultados das áreas trabalhadas e a continuidade de ações, visando incentivar os produtores para adoção de tecnologias de recuperação das pastagens degradas, tais como: adubação, gradagem, subsolagem, sementes selecionadas e certificadas; além do manejo adequado das pastagens", afirmou.

Leia mais...

Pagina 1 de 15

rodape 2

Vá para o topo